INE

Salário mensal médio em Portugal aumentou 3,6% para 1266 euros

Salário mensal médio em Portugal aumentou 3,6% para 1266 euros

A remuneração bruta mensal média por trabalhador em Portugal aumentou 3,6% no terceiro trimestre de 2020, face ao mesmo período de 2019, para 1266 euros, segundo dados revelados esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, a remuneração bruta mensal média por trabalhador (posto de trabalho) aumentou também 1,9 pontos percentuais face ao trimestre terminado em junho.

A componente regular da remuneração aumentou 4,2% e a remuneração base subiu 4,3%, atingindo, respetivamente, 1.082 e 1.019 euros.

"Tendo em consideração que a taxa de variação do Índice de Preços do Consumidor foi nula, no mesmo período, os aumentos das remunerações médias por trabalhador em termos reais foram iguais aos nominais", refere.

Estes resultados, segundo o INE, dizem respeito a cerca 4,1 milhões de postos de trabalho, correspondentes a beneficiários da Segurança Social e a subscritores da Caixa Geral de Aposentações.

"A dinâmica recente das remunerações médias no trimestre terminado em setembro de 2020 evidencia um menor impacto do regime de 'layoff' simplificado, uma vez que o número de empresas abrangidas por este regime diminuiu significativamente", acrescenta.

Efetivamente, continua, no terceiro trimestre de 2020 apenas 3,2% do total de empresas tinha trabalhadores em regime de "layoff" simplificado (26,7% no 2.º trimestre), abrangendo 4,9% do total de trabalhadores (48,9% no segundo trimestre).

Segundo os dados hoje divulgados, em setembro de 2020, a remuneração total variou entre 825 euros, nas atividades de agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca e 2.714 euros, nas atividades da eletricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio.

No setor institucional das administrações públicas observou-se um aumento homólogo da remuneração total de 2,1%, passando de 1.635 euros em setembro de 2019 para 1.669 euros em setembro de 2020.

No setor privado, a remuneração total registou uma variação homóloga superior à do setor das administrações públicas (3,7%), passando de 1.140 euros em setembro de 2019 para 1.182 Euros em setembro de 2020.

Outras Notícias