Exclusivo

Segurança Social baixa apoios a recibos verdes

Segurança Social baixa apoios a recibos verdes

Cálculo de ajudas à redução da atividade é feito com base nos últimos 12 meses, mas, para muitos, a faturação foi zero. Maioria só vai ter direito ao montante mínimo de 219 euros.

Os trabalhadores independentes que recorrerem ao "apoio extraordinário à redução da atividade económica" dificilmente vão conseguir receber mais do que o valor mínimo previsto para a medida, que é de 219,41 euros. Isto porque o cálculo do valor do apoio é feito com base nas contribuições dos últimos 12 meses, mas a grande maioria não faturou nada em 2020 devido aos encerramentos ditados pelo Governo durante a pandemia.

Na semana passada, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, apresentou as medidas de apoio à economia e ao emprego que suportariam a quebra de rendimentos das diversas atividades encerradas pelo atual confinamento. Uma delas é a reativação do apoio extraordinário à atividade económica que vigorou no ano passado, que conferia um apoio com um teto máximo de 1905 euros, dependendo do valor dos descontos nos 12 meses anteriores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG