O Jogo ao Vivo

Julgamento

Absolvidos de disparos nos bares universitários de Braga

Absolvidos de disparos nos bares universitários de Braga

Os dois jovens acusados da autoria de disparos contra um alegado rival, na zona dos bares universitários de Braga, foram absolvidos, na tarde desta sexta-feira, por falta de provas de envolvimento no caso, já que a própria vitima não os reconheceu como agressores.

Elton Mapiche, de 24 anos, técnico de fibra ótica, afirmou, durante o julgamento, "não ter a certeza" de quem o agrediu e baleou, na madrugada de 28 de maio de 2021.

Sandro Pinto ("Joelinho"), de 20 anos, e Rui de Carvalho ("Fire"), de 31 anos, chegaram a estar em prisão preventiva e, posteriormente, em domiciliária.

PUB

No entanto, face ao depoimento da vítima e a pedido dos dois advogados dos arguidos, Miguel Torrinha e Miguel Neves, a Instância Central Criminal de Braga libertou-os.

Nas alegações finais, o Ministério Público tinha pedido "a justiça possível", sendo que os advogados de defesa defenderam que os dois jovens "nem sequer estiveram no local dos factos".

Sandro e Rui, conotados como pertencendo ao Grupo das Enguardas, zona onde residem, na freguesia de São Victor, em Braga, estavam acusados de tentativa de homicídio na forma qualificada e foram também absolvidos da posse de armas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG