Porto

Acusados 24 arguidos de traficar haxixe nas Fontainhas

Acusados 24 arguidos de traficar haxixe nas Fontainhas

O Ministério Público do Porto acusou 24 pessoas de tráfico de estupefacientes. Segundo a acusação, ao longo de quatro anos os arguidos terão vendido haxixe em vários locais da cidade, destacando-se a zona das Fontainhas.

Aquando das detenções que puseram termo aos crimes, os arguidos tinham consigo mais 15 quilos de haxixe, em resina e folhas, e cerca de 49 700 euros provenientes do tráfico.

O despacho, citado pela Procuradoria Distrital do Porto, refere que entre julho de 2017 e junho de 2021, os mais de vinte acusados "dedicaram-se à venda de estupefaciente, nomeadamente de haxixe, em vários locais da cidade do Porto, entre os quais na Zona das Fontainhas, efetuando transações entre si e com diversos consumidores que os procuravam para o efeito".

Além dos crimes de tráfico de estupefacientes, três dos arguidos estão também acusados de detenção de arma proibida. Um dos acusados encontra-se preso preventivamente e outro em obrigação de permanência na habitação, com pulseira eletrónica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG