Seixal

Agrediu, tentou atropelar e incendiou carro de ex-namorada

Agrediu, tentou atropelar e incendiou carro de ex-namorada

Um homem foi detido no Seixal por violência doméstica e incêndio, anunciou, esta segunda-feira, Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa. Durante o namoro com a ex-companheira, o homem injuriava-a e ofendia-a. Chegou mesmo a fechá-la em casa.

A vítima terminou a relação, mas o agressor não desistiu. Esperou-a na sua residência, perseguiu-a de automóvel, embatendo na sua viatura, tentou atropelá-la e incendiou-lhe a viatura, bem como a do ex-marido desta.

O agressor foi detido e presente ao Tribunal do Seixal. Foi libertado com proibição de contactos, proibição de comparecer e permanecer a menos de 500 metros da residência ou do local de trabalho da vítima e a apresentações trissemanais na esquadra da residência.

Também no Seixal, um outro homem foi detido por violência doméstica e violação. O agressor bateu e violou a companheira e agrediu com um cinto a filha de ambos. O homem obrigou uma vez a mulher e filha a passar a noite fora de casa.

Tal como no primeiro caso descrito, o homem foi detido e libertado pelo Tribunal do Seixal. Ficou sujeito a proibição de contactos, proibição de se aproximar das ofendidas, da sua residência ou local de trabalho a uma distância inferior a 500 metros. Tem ainda que se apresentar duas vezes por semana na esquadra da residência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG