Cavada

Agressores de GNR de Paços de Ferreira libertados com termo de identidade e residência

Agressores de GNR de Paços de Ferreira libertados com termo de identidade e residência

O casal que foi detido, este domingo, após ter agredido um militar da GNR de Paços de Ferreira, foi libertado, com termo de identidade e residência, após ser presente ao Tribunal.

Os dois - ele com 40 anos e ela com 51 - foram detidos na zona da Cavada, em Paços de Ferreira, depois de terem agredido um militar que se deslocou ao local, após uma denúncia de barulho numa habitação, alegadamente devido a uma festa, na qual se encontravam cerca de 30 pessoas.

Numa altura em que os ajuntamentos são proibidos, devido ao estado de calamidade em que o país está colocado, os militares do posto da GNR de Paços de Ferreira tentaram dispersar o grupo, ordem que não foi bem aceite pelos proprietários da habitação.

Um dos militares acabou por ser empurrado, batendo com a cabeça no chão. Sofreu ferimentos ainda no rosto e nos braços e recebeu tratamento hospitalar no Hospital Padre Américo, em Penafiel.

O casal foi detido e libertado após ser presente a tribunal esta segunda-feira. Ficaram sujeitos a termos de identidade e residência, indiciados pelos crimes de resistência e coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG