Tráfico

Apreensões fazem disparar preço do haxixe nas ruas

Apreensões fazem disparar preço do haxixe nas ruas

A escassez de haxixe nas ruas do Grande Porto e da Grande Lisboa está a fazer triplicar os preços deste derivado de canábis e a fazer com que os habituais consumidores se virem para outros tipos de drogas.

Polícias, mas também traficantes e consumidores, confirmaram ao JN a nova tendência, que explicam com as recentes grandes apreensões e com o desmantelamento de redes que abasteciam o território nacional.

Todos o dizem: há pouco haxixe a circular nas ruas e, tal como acontece com qualquer produto, a lei da oferta e da procura faz com que a carência leve ao aumento dos preços. No Porto, onde habitualmente uma placa de haxixe, com cerca de 100 gramas custava há cerca de três meses entre 80 a 100 euros, hoje em dia o seu valor atinge os 300 euros.

Mas a falta de haxixe, consumido sobretudo entre os jovens, também leva os traficantes a diminuir as quantidades, para aumentarem os lucros. As chamadas "tiras" (cerca de três gramas) eram vendidas por cinco euros cada uma, com metade do peso, custa agora 10.

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG