Operação

Aprendidos 16,5 milhões de euros de artigos falsos fabricados em Portugal

Aprendidos 16,5 milhões de euros de artigos falsos fabricados em Portugal

A Guarda Civil espanhola, a GNR e a ASAE, apoiadas pela Europol, desmantelaram um grupo de crime organizado envolvido na produção e tráfico de vestuário contrafeito, acessórios e bens de luxo. Foram apreendidos, em Espanha, artigos fabricados em Portugal no valor de 16,5 milhões de euros.

A investigação começou em 2019, após a queixa dos representantes de diversas marcas de luxo, que relataram a venda de produtos contrafeitos em La Jonquera e Els Límits, na Catalunha, perto da fronteira franco-espanhola.

A Guardia Civil salientou que o grupo importava artigos contrafeitos de Portugal, onde eram fabricados, mas também adquiria no nosso país produtos sem marca, a que depois juntava etiquetas falsas importadas da China.

Todos os artigos eram então vendidos como genuínos em diferentes lojas da zona.

Durante toda a investigação, foram efetuadas buscas em mais de 20 lojas que vendiam os artigos falsificados. No total, as roupas, acessórios de couro e sapatos apreendidos estão estimados em 16,5 milhões de euros.

As autoridades detiveram oito pessoas, outras 33 constituídas arguidas e foram apreendidos mais de 60 mil artigos contrafeitos (vestuário, acessórios de couro, calçado), 212 quilos de etiquetas metálicas de diferentes marcas, cerca de 24 mil euros em dinheiro, chapas de impressão, equipamento eletrónico e documentos.

A Europol apoiou a investigação com análise operacional e coordenação operacional e facilitou a troca de informações.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG