PSP

Assaltam café no Porto entrando por janela da cozinha

Assaltam café no Porto entrando por janela da cozinha

Tabaco, bebidas alcoólicas, raspadinhas e algum dinheiro foram furtados, esta madrugada, no café Gedá, na Rua de São Tomé, no Porto. Os assaltantes arrancaram as grades de uma janela nas traseiras para entrar no estabelecimento.

O assalto ocorreu de madrugada, mas como o alarme do café estava desativado, só às 7.30 horas, quando abriu o estabelecimento é que José Monteiro, dono do Gedá, se apercebeu do que havia acontecido.

"Entrei na cozinha, que dá para as traseiras do prédio e vi a persiana e a janela abertas. Percebi que tinha sido assaltado, pois aquela janela tinha grades chumbadas na parede e elas tinham desaparecido. Depois vi tudo remexido", contou, ao JN, José Monteiro.

Os assaltantes levaram todo o tabaco que havia na máquina, carregada na terça-feira, raspadinhas, café, chocolates, "alguns trocos que estavam na caixa registadora e cerca de 400 euros em moedas que eu guardava num cinzeiro".

Além disso, roubaram igualmente, disse José Monteiro, "uma caixa com maços de tabaco que estava na cozinha e que se destinavam a ser vendidos ao balcão" e, no total, "os prejuízos devem ascender a cerca de cinco mil euros".

Esta não foi a primeira vez que o café foi assaltado, mas nunca haviam entrado pelas traseiras. "Comprei o café há cerca de 30 anos e meti as grades, pois as traseiras dão para as garagens do prédio e uma bouça. Reforcei depois a parte da frente, mas nem assim evitei ser roubado", referiu ao JN.

No local esteve a PSP.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG