Crédito

Banco de Portugal alerta para atuação ilegal de entidades na Internet

Banco de Portugal alerta para atuação ilegal de entidades na Internet

O Banco de Portugal advertiu esta quarta-feira que as entidades que atuam através das páginas creditojusto.org, creditoconsolidadopt.com e no Facebook sob a designação "CreditoJusto" não estão habilitadas a exercer atividades financeiras sujeitas à sua supervisão.

"A atividade de concessão de crédito prevista (...) no artigo 4.º do Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras (...), e as atividades de intermediação e de consultoria sobre contratos de crédito, previstas, respetivamente, na alínea j) e p) do artigo 3º e nos artigos 4.º e 7.º do Regime Jurídico dos Intermediários de Crédito (...), estão reservadas às entidades habilitadas a exercê-las, conforme o disposto, respetivamente, naqueles diplomas", salienta a entidade supervisora.

O Banco de Portugal avisa ainda que as listas das entidades autorizadas a conceder crédito e a atuar como intermediários de crédito e consultor sobre contratos de crédito podem ser consultadas no site do Banco de Portugal e no Portal do Cliente Bancário.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG