Santarém

Burlão do MB Way fez mais de 100 vítimas

Burlão do MB Way fez mais de 100 vítimas

Ficou em prisão preventiva um homem que havia sido detido em Santarém, suspeito de mais de 100 crimes relacionados com fraude através da aplicação do MB Way. Está indiciado por 51 burlas informáticas e nas comunicações, 51 crimes de falsidade informática, um de branqueamento e um de associação criminosa.

O suspeito, de 36 anos, havia sido detido na semana passada e segundo o Ministério Público (MP), liderava um grupo que "gizou um plano para se apropriar de quantias em dinheiro, com recurso ao uso fraudulento da aplicação MB Way".

O grupo, diz o MP, " aproveitava-se do desconhecimento das vítimas sobre o modo de funcionamento da aplicação MB Way", lê-se num comunicado publicado na terça-feira pelo Ministério Público da comarca de Santarém.

Para a aplicação da medida de coação mais gravosa o Ministério Público alegou "perigos de perturbação da ordem e tranquilidade pública, de fuga, de perturbação do decurso do inquérito e de continuação da atividade criminosa".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG