Exclusivo

Carlos Alexandre iliba "fonte anónima de jornalista"

Carlos Alexandre iliba "fonte anónima de jornalista"

Ex-diretor comercial da Ambimed estava acusado pelo MP de expor alegada trama na aprovação de incinerador.

O juiz Carlos Alexandre decidiu não levar a julgamento o homem que o Ministério Público (MP) acusou de ser "fonte anónima" da RTP e que queria que respondesse por difamação agravada.

Após o debate instrutório, enquanto juiz do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa, o magistrado não pronunciou Adelino Mota. O MP acusava-o de ser informador de Sandra Felgueiras, jornalista da RTP que, em 2017, noticiou um alegado favorecimento da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) à Ambimed, uma empresa privada de gestão de resíduos hospitalares perigosos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG