Operação

Casa fortificada em Lisboa era base de rede de tráfico de droga

Casa fortificada em Lisboa era base de rede de tráfico de droga

A PSP deteve no Bairro da Mouraria, em Lisboa, sete homens, com idades entre os 24 e os 75 anos, por tráfico de droga. Os indivíduos traficavam a partir de uma casa reforçada com arame farpado, gradeamento e vidro reforçado.

Já em maio passado e no mesmo local, a Polícia havia detido oito pessoas que, de forma estruturada e com plena divisão de funções, vendiam cocaína e heroína.

"Após esta ação policial, os traficantes escudaram-se no reforço de uma edificação onde estava escondido o estupefaciente, investindo em medidas de segurança como gradeamento, arame farpado, vidros cimentados e outras", refere a PSP.

As medidas de segurança não impediram a Polícia de realizar buscas na mesma residência, onde identificaram e detiveram sete pessoas coautores da venda de droga, sendo quatro vigias, dois vendedores e um facilitador.

A PSP tem efetuado operações regulares naquela zona e, entre fevereiro e março deste ano, deteve 31 pessoas.

Ao todo apreendeu-se 164,65 doses individuais de heroína, 278,8 doses de cocaína, 1.740 euros em dinheiro, quatro portas/janelas blindadas e outros objetos.

"Os detidos, com inequívoca e ampla pegada criminal no âmbito do tráfico de droga, foram presentes no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, para efeitos de primeiro Interrogatório, sendo-lhes aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência, proibição de frequentar a zona e prisão preventiva a um dos sete detidos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG