Santa Maria da Feira

Comerciante e reformado condenados por prostituição com menores

Comerciante e reformado condenados por prostituição com menores

Quatro pessoas que se envolveram com duas raparigas menores que disponibilizaram atos de natureza sexual em troca de dinheiro foram condenadas pelo Tribunal da Feira a penas suspensas de prisão entre os 10 e os 24 meses.

O tribunal deu como parcialmente provados os factos constantes da acusação, condenando um comerciante de Oliveira de Azeméis a 14 meses de prisão e um reformado de Arouca a 20 meses, ambos pelos crimes de recurso à prostituição infantil.

Já um casal, natural de Viseu, foi condenado pelo crime de aliciamento de menores para fins sexuais e ele, ainda, pelo crime de pornografia de menores.

A mulher foi condenada a 10 meses e o homem a 24 meses, mais o pagamento de mil euros de indemnização a uma das menores.

Todos os arguidos foram, ainda, condenados a penas assessorias de proibição de profissão ou custódia que envolva menores e vão ter que frequentar um curso de reabilitação de agressores sexuais.

De acordo com a acusação do Ministério Público, as práticas de natureza sexual ocorreram em 2016, com duas raparigas de 14 e 15 anos.

Uma das menores conheceu o comerciante de Oliveira de Azeméis em 2016, quando se dirigiu à sua loja e lhe pediu dinheiro.

Este terá respondido que a ajudava se ela lhe arranjasse uma rapariga e entregou-lhe uma quantia monetária desconhecida.

Refere, a acusação, que voltou dias depois, na companhia de outra amiga, também menor e voltou a pedir dinheiro. O comerciante, que questionou a idade das mesmas, apalpou os seios das jovens e colocou uma nota de cinco euros sobre o soutien de uma delas.

Numa outra situação, uma das menores é contactada por outro arguido, residente em Arouca, que lhe propõe através da rede social "Facebook" a concretização de sexo oral em troca de dinheiro.

Ainda no mesmo ano, uma das raparigas contactou um casal através do Facebook, mostrando-se disponível para ter relações a três.

Outras Notícias