Ponte de Lima

Condenado por tentativa de homicídio ateou 16 fogos numa semana

Condenado por tentativa de homicídio ateou 16 fogos numa semana

A Policia Judiciária deteve um homem suspeito de ter ateado, numa semana, 16 fogos florestais em diversas localidades de Ponte de Lima. O indivíduo havia sido recentemente condenado a cinco anos de prisão, com pena suspensa, por tentar matar uma mulher que conhecera online.

O homem, de 27 anos, foi detido esta quinta-feira pela PJ de Braga, dia em que se suspeita ter ateado dois incêndios. Mas a vaga de fogos atribuídos ao indivíduo terá começado há uma semana, a 14 de junho, data em que, segundo as investigações da Judiciária, ateou 12 incêndios no concelho de Ponte de Lima, nas localidades de Fojo Lobal, Rebordões, Santiães, Calvelo e Arcozelo.

O detido foi recentemente condenado a cinco anos de prisão, pena suspensa por igual período, por ter tentado matar uma mulher, que conhecera pela internet, em junho de 2021. Atirou-a do alto de uma ribanceira, mas a vítima sobreviveu.

PUB

Durante o julgamento, no Tribunal de Viana do Castelo, provou-se que conhecera a mulher, de 46 anos, residente na Covilhã, nas redes sociais, e atraiu-a a Ponte de Lima. Ali atirou-a de uma ravina, com mais de 15 metros de altura e apedrejou-a enquanto jazia, inconsciente, no fundo da ribanceira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG