Exclusivo

Condenados do Face Oculta escapam à cadeia há nove anos

Condenados do Face Oculta escapam à cadeia há nove anos

Condenados há seis anos, uns querem reabrir a audiência em primeira instância, para obter a suspensão das penas, e outros pedem penas de prisão mais curtas.

O ex-ministro Armando Vara e outros dois arguidos do caso Face Oculta já estão presos desde janeiro de 2019, mas os outros sete condenados a prisão efetiva continuam a contestar, em liberdade, a medida ou o tipo das suas penas. Seis anos depois de serem sentenciados pelo Tribunal de Aveiro, têm recursos espalhados, neste momento, pelo Tribunal da Relação do Porto, Supremo Tribunal de Justiça e Tribunal Constitucional.

Os recursos para o Constitucional foram interpostos na semana passada pelo ex-presidente da REN, José Penedos, o seu filho e advogado Paulo Penedos e o ex-administrador da EDP Imobiliária Domingos Paiva Nunes, sobre uma decisão da Relação do Porto de 14 de outubro último. Os arguidos pretendem que a audiência seja reaberta, para que o Tribunal de Aveiro repondere se as penas de prisão a que foram condenados devem, ou não, ser suspensas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG