Covid-19

Criado e-mail para vítimas de violência doméstica pedirem ajuda

Criado e-mail para vítimas de violência doméstica pedirem ajuda

A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género criou um e-mail para facilitar o contacto por parte de vítimas de violência doméstica durante a pandemia do Covid-19.

A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) dispõe já, 24 horas por dia, de uma linha de contacto gratuita para apoiar vítimas de violência de doméstica, mas a entidade teme que, com a recomendação emitida para que as famílias permaneçam mais tempo em casa, as pessoas ofendidas e agredidas não consigam sair da habitação sem motivo aparente ou telefonar livremente no seu interior.

"Cientes das dificuldade que muitas destas pessoas terão para aceder, em segurança, aos serviços de apoio - presenciais e mesmo telefónicos - a CIG terá em funcionamento um serviço de correio eletrónico para colocar questões, pedidos de apoio e suporte emocional relacionados com esta problemática", refere esta quarta-feira, em comunicado, a comissão.

As vítimas de violência doméstica poderão assim remeter, "nesta fase de isolamento social", as suas questões para violencia.covid@cig.gov.pt.

Durante este período, a linha 800 202 148 manter-se-á igualmente em funcionamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG