O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Crime de abandono de animais dispara com a pandemia

Crime de abandono de animais dispara com a pandemia

Desemprego e morte de idosos por covid justificam o crescimento deste crime. PSP e GNR investigaram 667 denúncias entre janeiro e agosto deste ano.

O abandono de animais de estimação disparou nas grandes cidades do país. O crescimento de casos investigados pela PSP e pela GNR deve-se, sobretudo, à morte de idosos por covid-19 e ao aumento do desemprego causado pela pandemia. A maioria dos crimes ocorreu em Lisboa, no Porto, em Setúbal e em Leiria.

Maria Quaresma dos Reis aponta aquelas duas justificações para o crescimento dos crimes de abandono nos últimos meses, nomeadamente na capital. "Muitos idosos que faleceram por covid viviam sozinhos com gatos. Os familiares, por incapacidade financeira, não acolheram os felinos, que acabam por ir para a rua", declara a provedora dos animais de Lisboa. Em alguns casos, as vítimas de covid já não tinham família e os animais amenizavam a solidão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG