Premium

Desaparecimento de gasóleo leva PJ à Câmara de Guimarães

Desaparecimento de gasóleo leva PJ à Câmara de Guimarães

A Polícia Judiciária de Braga interrogou vários funcionários da Câmara de Guimarães, a propósito de uma investigação sobre irregularidades na Divisão de Trânsito e Espaço Público e Departamento de Obras Municipais.

Um dos casos suspeitos está relacionado com o alegado desvio de quase dois mil litros de gasóleo da Autarquia. O "sumiço" do combustível foi denunciado em 2015 pela Oposição, durante uma Assembleia Municipal, motivando um inquérito disciplinar interno, na Câmara, que culminou no despedimento de um funcionário.

As conclusões desse inquérito foram enviadas para o Ministério Público e é principalmente sobre esse desvio que versa a investigação da PJ. Fonte da Câmara de Guimarães confirmou ao JN que a PJ "ouviu os funcionários", nomeadamente os que "foram testemunhas nesse processo" interno.

Outros Artigos Recomendados