Polícia

Detido e libertado em Aveiro após três assaltos no mesmo dia

Detido e libertado em Aveiro após três assaltos no mesmo dia

Um homem, com 34 anos, foi detido pela PSP, em Aveiro, duas vezes no mesmo dia por três assaltos. Um deles foi cometido perto da esquadra para onde havia sido levado e outro numa residência onde estavam os proprietários. Ainda tentou um quarto roubo, sem sucesso. Ouvido em Tribunal foi libertado, apesar de não ter cumprido anteriores medidas de coação

A primeira detenção ocorreu, no sábado, cerca das 4.30 horas, após o homem ter sido intercetado por um segurança a furtar num quiosque, situado no interior de um estabelecimento comercial, onde se introduziu, tendo forçado as portas de abertura automática.

Segundo a PSP divulgou esta segunda.-feira, foram-lhe apreendidos 7,64 euros, bem como duas caixas de 1 quilo de ovos moles, os quais, entretanto, foram entregues à legítima proprietária.

PUB

Após ter saído da esquadra, pelas 6 horas, o indivíduo assaltou um carro que se encontrava estacionada nas imediações daquelas instalações, levando um autorrádio.

"Logo de seguida, ainda em Aveiro, escalou o muro de uma residência e, com os proprietários no interior, entrou pela porta da marquise, tendo furtado diversos artigos (um computador portátil, artigos em ouro, duas carteiras de senhora, documentos pessoais, chaves), e deixado ficar, nessa residência, o autorrádio que havia furtado, momentos antes", refere a PSP.

A poucos metros daquela residência ainda arrombou a porta de um estabelecimento, mas colocou-se em fuga, sem ter furtado qualquer objeto.

As diligências entretanto efetuadas permitiram à Polícia intercetar o homem no centro da cidade de Aveiro, e recuperar os artigos furtados da residência, bem como o autorrádio.

De referir que o suspeito, para além de estar indiciado em vários processos-crime, pela prática de furto no interior de estabelecimento comercial, no interior de veículo, no interior de residência, e por posse e tráfico de estupefacientes, estava, também, sob a medida de coação de apresentações periódicas, no posto de Polícia da área da sua residência, a qual não tem cumprido.

"A sua conduta estava a ser causadora de uma enorme danosidade e alarme social junto da comunidade comercial e populacional da cidade de Aveiro. Após ter sido presente ao DIAP de Aveiro, esta segunda-feira, foi libertado e obrigado apresentações diárias", lê-se no comunicado da PSP..

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG