O Jogo ao Vivo

Crime

Detido gangue que assaltou carrinhas de valores entre Porto e Guimarães

Detido gangue que assaltou carrinhas de valores entre Porto e Guimarães

Uma quadrilha de assaltantes de carrinhas de transporte de valores, que atuava principalmente na Área Metropolitana do Porto, Braga e Guimarães, foi esta quinta-feira desmantelada pela Polícia Judiciária de Braga.

Nas buscas domiciliárias, foram detidos seis suspeitos, numa operação dirigida no terreno pelo juiz de instrução criminal de Guimarães, Pedro Miguel Vieira. São suspeitos de vários crimes de associação criminosa, roubo à mão armada, sequestro entre outros delitos graves.

Os seis detidos têm idades entre os 55 e os 36 anos. Não têm qualquer atividade profissional, nem lhes são conhecidos bens e ou rendimentos de origem lícita.

O grupo, que tem membros com largo cadastro criminal, é suspeito, entre outros, de ter assaltado, em pleno dia e na presença de funcionários e clientes, o multibanco de um hipermercado em Famalicão, no último mês. O roubo ocorreu à mão armada, quando uma carrinha de transporte de valores fazia o carregamento do dia em notas na caixa multibanco. Os assaltantes atuaram de cara tapada.

A Polícia concluiu que o gangue vigiava as empresas de transporte de valores, de forma a saber a que horas carregavam os multibancos, ou levavam dinheiro para outros destinos, caso de empresas. Além da suspeita da prática de roubos a carrinhas de empresas de segurança, estão indiciados por assaltos a residências.

Sequestraram duas idosas em Famalicão

PUB

Segundo um comunicado da Polícia Judiciária, o inquérito, tutelado pelo DIAP de Guimarães, teve origem num "homejacking" ocorrido a 1 de julho de 2020, em Famalicão. Duas idosas foram sequestradas na sua residência e os ladrões levaram cerca de 50 mil euros em dinheiro, várias peças e joias em ouro, relógios de marca e duas viaturas topo de gama.

Já este ano o mesmo grupo atacou diversas viaturas de transporte de valores em Gondomar a 26 de fevereiro, em Ermesinde a 13 de setembro e em Famalicão a 19 de setembro.

A operação esteve a cargo da Polícia Judiciária de Braga, com a colaboração da diretoria do Norte. Foram realizadas buscas domiciliárias e não domiciliárias em várias localidades do Grande Porto, Braga,, Famalicão e Guimarães. Foram apreendidas várias viaturas, armas de fogo, munições, produto estupefaciente, dinheiro, equipamentos de comunicações e vários objetos de valor.

No decurso das buscas foi ainda detido um sétimo indivíduo, por detenção de armas proibidas e posse de haxixe Os detidos vão ser apresentados às autoridades judiciárias competentes no Tribunal de Guimarães, para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

Até ao princípio da tarde, já tinham sido apreendidos três automóveis, todos com matrículas falsas estrangeiras, das marcas Mercedes, Volvo e BMW.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG