O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Empresário de jogadores do Benfica suspeito de fraudes com transferências

Empresário de jogadores do Benfica suspeito de fraudes com transferências

O empresário de alguns jogadores do Benfica está a ser investigado em Espanha por suspeita de ter lesado o Fisco em 10 milhões de euros. Contratos fictícios de Fali Ramadani foram divulgados pelo "Football Leaks".

Fali Ramadani, o empresário albanês de futebol cuja empresa representa o ponta de lança do Benfica Haris Seferovic e vários antigos atletas do clube da Luz, está no centro de uma investigação das autoridades espanholas e da Europol por fraude e evasão fiscal, assim como branqueamento de capitais, alegadamente cometidos através de contratações fictícias de jogadores. Na mira das polícias há cinco indivíduos que terão conseguido desviar cerca de 10 milhões de euros.

A operação "Lanigan" resulta de uma das revelações contidas na massiva exposição de ilegalidades no mundo do futebol, o "Football Leaks", da responsabilidade de Rui Pinto, atualmente preso em Portugal por tentativa de extorsão e crimes informáticos. A informação permitiu às autoridades espanholas detetar suspeitas de contratos fictícios nos quais agentes de futebol como Fali Ramani ocultaram rendimentos para fugir ao pagamento de impostos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG