Exclusivo

Estado condenado a devolver carro a mulher traficante de droga

Estado condenado a devolver carro a mulher traficante de droga

Tribunal diz que viatura não foi essencial para o crime pois podia ter ido de camioneta ou escondido a droga na mala.

O Tribunal da Relação de Évora ordenou a devolução de um carro apreendido a uma mulher de 48 anos, condenada por tráfico de droga. Em primeira instância, o veículo havia sido dado como perdido a favor do Estado. Mas a mulher recorreu e vai reaver o carro, considerado "não essencial" para o crime, pois ela podia ter ido comprar droga a Lisboa de camioneta. Pendente na Justiça está ainda o caso do traficante que está a pedir em tribunal a restituição do BMW série 7 que lhe havia sido apreendido e que esteve envolvido num acidente fatal quando era usado pelo ministro da Administração Interna.

Pelo menos desde 2017 que a arguida se dedicava ao tráfico de droga. Ia a Lisboa abastecer-se de haxixe, trazia-o para Évora onde residia e vendia-o a consumidores ou outros traficantes. Em outubro de 2019, foi detida ao vir do fornecedor. Tinha três placas de haxixe escondidas no forro do assento do carro. Além da droga, ficou sem o telemóvel e o veículo. Em tribunal, a arguida admitiu os factos, justificando que precisava de "compor o orçamento familiar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG