Operação da PJ do Porto

Falso jogador de futebol chantageia adolescentes para sexo

Falso jogador de futebol chantageia adolescentes para sexo

A Polícia Judiciária do Porto prendeu um homem, de 29 anos, que se fez passar por jogador de futebol ou agente desportivo para aliciar inúmeras mulheres, adolescentes e menores do Norte e Centro do País que chantageavam para manter relações sexuais ou enviar-lhe fotos íntimas.

O indivíduo, pescador de profissão, usava as redes sociais para abordar as vítimas com as falsas identidades. "Confrontava as potenciais vítimas com o facto de possuir fotografias delas, em situações comprometedoras e de natureza sexual, para através de chantagem e coação lhes extrair mais conteúdos de natureza idêntica" adianta a PJ, precisando ainda que "na posse de tais conteúdos, exercia chantagem até à exaustão, tendo levado algumas das vítimas, aterrorizadas com as consequências da eventual divulgação dos conteúdos, a cederem a manter relações sexuais com o arguido".

Para perpetrar o esquema e conseguir cada vez mais contactos de vítimas, o indivíduo obrigava as vítimas a fornecerem-lhe as passwords de acesso aos seus perfis das redes sociais. Queria assim "fazendo-se passar por pessoa real e de confiança, agir sobre outras jovens".

PUB

Perante a dimensão do esquema que poderá ter atingido dezenas de jovens, a PJ "apela a eventuais vítimas deste agressor que apresentem as respetivas denúncias que permitam responsabilizá-lo criminalmente pelo maior número de crimes cometidos".

O detido está indiciado por crimes de violação, extorsão, pornografia de menores e outros de natureza informática ocorridos desde há, pelo menos, cinco anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG