Albergaria-a-Velha

Família acusada de burla ao fisco em quase 300 mil euros num negócio de bebidas

Família acusada de burla ao fisco em quase 300 mil euros num negócio de bebidas

O Ministério Público de Aveiro acusou um casal e a filha de ambos de lesarem o Fisco em 291.862,68 euros num negócio de bebidas alcoólicas desenvolvido em Albergaria-a-Velha durante dois anos, revelou a Procuradoria Regional do Porto.

Nos anos de 2015 e 2016 "subtraíram à faturação e, consequentemente, às obrigações declarativas perante a administração fiscal, vendas no valor global de 477.085,12 euros", uma conduta que lhes permitiu deixar de pagar IRS num total de 229.841,62 euros e prejudicar o Estado em 62.021,06 relativos ao IVA.

Segundo a acusação, ficou também indiciado que o casal fez "vultuosos levantamentos" de dinheiro das suas contas, "com o intuito de dar sumiço dissimulado às vantagens obtidas com a prática dos factos, apagando o seu rasto do sistema bancário e ocultando o destino que lhes deram em seu proveito".

O Ministério Público pede a condenação dos arguidos por fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais.

Pede ainda que o tribunal os obrigue a pagar ao Estado os quase 300 mil euros correspondentes à vantagem patrimonial indevida que terão obtido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG