O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Fraude de quatro milhões com IVA na alimentação

Fraude de quatro milhões com IVA na alimentação

Investigação da Direção de Finanças do Porto e da GNR dá acusação para 29 arguidos. Faturas percorriam três países sem a mercadoria sair de Portugal.

Criaram uma multitude de empresas em Portugal, Inglaterra e Espanha para simular transações de produtos alimentares, isentas de IVA por acontecerem entre países da União Europeia. O esquema permitiu obter reembolsos fraudulentos de impostos de mais de quatro milhões de euros. Mas a rede acabou por ser desmantelada pela Unidade de Ação Fiscal da GNR e pela Autoridade Tributária (AT) e levou agora o Ministério Público (MP) a acusar 29 arguidos, a quem reclamam os lucros ilegais.

Dois indivíduos de origem paquistanesa - Taher Ali, em prisão preventiva, e Mohit Mirpuri, em parte incerta - são os dois mentores do esquema em tinham 13 cúmplices e testas de ferro. Em Portugal criaram firmas em Moreira de Cónegos, Braga, Boliqueime e Sintra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG