Premium

Funcionária de escola desvia meio milhão de impostos sobre salários

Funcionária de escola desvia meio milhão de impostos sobre salários

Técnica responsável pelo processamento de salários é suspeita de se apropriar de descontos para a Caixa Geral de Aposentações e Fisco. PJ investiga ilícito descoberto em auditoria e denunciado ao Ministério Público.

Uma funcionária do Agrupamento de Escolas de São Lourenço, em Ermesinde, Valongo, ter-se-á apoderado de cerca de meio milhão de euros, através de um esquema assente nas retenções obrigatórias dos salários de professores e funcionários.

O crime foi descoberto numa auditoria da Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), no final do ano passado. Após ter sido comunicado pelo diretor da escola ao Ministério Público (MP), o caso está agora a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ). Também o IGEC avançou com um inquérito relativamente à funcionária que está de baixa médica desde que o caso foi desvendado, gerando controvérsia interna.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG