Agressões

Funcionária de pastelaria agredida por clientes no Seixal

Funcionária de pastelaria agredida por clientes no Seixal

Uma mulher de 29 anos teve de ser suturada com nove pontos na testa depois de ter sido agredida por um grupo de clientes no café onde trabalha, no Seixal, durante a manhã desta quarta-feira.

O caso ocorreu cerca das 11 horas na pastelaria Allegro, na Avenida da Liberdade, em Cruz de Pau. Ao que o JN apurou, o incidente começou depois de uma cliente ter pedido que uma das quatro empregadas de balcão levasse raspadinhas à mesa onde estava sentada com cerca de cinco familiares. A funcionária negou, explicando que as raspadinhas tinham de ser pagas no ato de entrega, ao balcão, conforme as regras para a venda de jogo.

Descontente com a resposta, o grupo começou a insultar a funcionária, tendo tentado apertar-lhe o pescoço por detrás do balcão e, sem conseguir chegar à vítima, os indivíduos tentaram entrar no balcão para a agredir. Foi quando uma colega, de 29 anos, interveio. Ao separá-los, acabou agredida com um pontapé e atingida na testa com um copo arremessado por um dos elementos do grupo. A vítima foi depois alvo de ameaças pelo grupo, que se colocou em fuga quando percebeu que a PSP vinha a caminho.

A mulher foi transportada para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde foi suturada com nove pontos na testa, e de onde já teve alta. Vai apresentar queixa contra os agressores.

A PSP acorreu ao local e, depois de recolher testemunhos e aceder às imagens de videovigilância, conseguiu identificar três suspeitos, duas mulheres e um homem, nas imediações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG