Exclusivo

GNR continua em edifício em "perigo de ruína" ano e meio após o alerta

GNR continua em edifício em "perigo de ruína" ano e meio após o alerta

Em fevereiro do ano passado, uma vistoria da Proteção Civil às instalações que albergam 68 militares da GNR de Matosinhos concluiu haver "perigo de ruína" do edifício.

De imediato, a autarca local, Luísa Salgueiro, defendeu que a mudança para outro espaço tinha "de ser imediata", porque os militares não podiam continuar a trabalhar "naquelas condições". Mas, mais de ano e meio depois, eles mantêm-se nas mesmas instalações, insalubres e perigosas. E o problema vai manter-se, pelo menos, até 2025.

As associações da Guarda garantem que o caso de Matosinhos é apenas um exemplo daquilo que se verifica em muitos postos do país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG