Crime

Turista irlandês morto à facada por companheiro

Turista irlandês morto à facada por companheiro

Amigo também residente na Irlando do Norte e com quem a vítima se encontrava de férias no Algarve é o principal suspeito. Estava dentro do hotel e foi detido pela Polícia Judiciária. Arma apreendida no local.

Um turista estrangeiro, de cerca de 30 anos, foi assassinado com várias facadas no peito, durante a madrugada de segunda-feira, em Albufeira. Natural da Irlanda do Norte, a vítima foi encontrada, já sem vida, junto a um complexo turístico. Um amigo do homem morto, também irlandês, é o principal suspeito da autoria do crime e foi detido ainda no local pela Polícia Judiciária, que tenta apurar o motivo do homicídio.

O assassinato ocorreu durante a noite, mas só às primeiras horas da manhã é que os Bombeiros Voluntários de Albufeira foram chamados ao complexo turístico Correeira Luxury Residence. "Fomos alertados às 6.37 horas para um caso de uma pessoa inconsciente na via pública", refere o segundo-comandante da corporação de Albufeira, Rui Fernandes.

PUB

Contudo, acrescenta o responsável, à chegada da primeira ambulância ao local, os voluntários encontraram um indivíduo "em paragem cardiorrespiratória, com rigidez cadavérica e com feridas incisivas no peito". Feridas que terão sido causadas por várias facadas direcionadas, horas antes, ao corpo do homem, com cerca de 30 anos.

Rui Fernandes esclarece que a vítima não se encontrava, como referido, na via pública, mas sim no interior do complexo turístico, "encostado a um muro". "Mantivemos as manobras de reanimação até à chegada do médico da viatura médica de emergência e reanimação de Albufeira, que atestou o óbito no local", descreve o bombeiro.

Suspeito no apartamento

Já com a GNR no aldeamento turístico, foi sinalizado um segundo turista estrangeiro, com cerca de 20 anos, num dos apartamentos ali existentes. Apresentava a roupa ensanguentada e no local foi encontrada uma faca que as autoridades suspeitam ter sido utilizada para desferir os golpes mortais.

Este suspeito, também oriundo da Irlanda da Norte, foi, mais tarde, detido pela Polícia Judiciária e deverá, durante o dia de hoje, ser levado a tribunal, para ser interrogado pelo juiz.

Gozavam período de férias

O JN apurou que a vítima mortal e o jovem detido estavam a gozar um período de férias no Algarve e partilhavam o mesmo apartamento onde o suspeito da autoria do homicídio foi localizado. As autoridades não apuraram, todavia, a natureza do seu relacionamento, nem os motivos do crime.

Também tentam comprovar a tese de que o irlandês foi esfaqueado pelo amigo no interior do apartamento e, em seguida, tentou chegar à rua para pedir auxílio. Não conseguiu e terá morrido na sequência das facadas que o atingiram.

Turistas repetentes: O homem encontrado morto e o seu companheiro já tinham vindo passar férias em Portugal noutras ocasiões.

Britânicos de volta: O alívio das medidas de confinamento da covid-19 fez regressar ao Algarve, nas últimas semanas, muitos turistas britânicos.

Notícia lá fora: A notícia do homicídio do turista da Irlanda do Norte foi replicada por vários órgãos de informação britânicos.

Hotel perto da praia: O Correeira Luxury Residence - local do crime - situa-se em Albufeira e fica perto das praias da Oura e dos Pescadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG