Viseu

Homem de 40 anos detido por abusar de menina que o via como namorado

Homem de 40 anos detido por abusar de menina que o via como namorado

Um empresário do ramo da restauração e hotelaria, de 40 anos, foi detido, na quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ), na cidade de Viseu, pela "prática, reiterada, de crimes de abuso sexual de crianças". A vítima foi uma menina de 12 anos. Os abusos terão ocorrido entre abril e maio deste ano.

"O arguido conheceu a vítima numa associação recreativa e, após a troca de contactos telefónicos, começou a seduzi-la e a aliciá-la, levando a que a mesma se enamorasse por si", adianta a PJ em comunicado. Ao que o JN apurou, a menina frequentava a coletividade com a família, assim como o detido.

No seguimento dos contactos, o homem conseguiu "convencer a vítima a encontrar-se consigo para a prática de atos sexuais de relevo". Ia buscá-la uma ou duas vezes por semana à escola e levava-a para locais ermos, onde consumava os abusos. Tentava que os encontros não durassem muito tempo para não levantar suspeitas.

PUB

A jovem mantinha o silêncio porque estava apaixonada e porque via o homem como um namorado.

O caso foi descoberto pela mãe da menor, que, ao mexer no telemóvel da filha, encontrou as mensagens amorosas e de cariz sexual trocadas entre a menina e o homem, que conhecia da coletividade. A mulher apresentou queixa à PSP e o caso passou para a alçada da PJ que deteve ontem o homem.

Presente a tribunal, para primeiro interrogatório judicial, o indivíduo, que não tem antecedentes criminais, ficou em prisão preventiva.

O empresário é casado e tem filhos. A detenção chocou a família, apurou o JN junto de fonte policial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG