O Jogo ao Vivo

Guimarães

Homem esfaqueado 22 dias depois de ser atacado à martelada

Homem esfaqueado 22 dias depois de ser atacado à martelada

Um homem, com cerca de 50 anos, foi esfaqueado com gravidade por um grupo de vários atacantes, no Bairro de Nossa Senhora da Conceição, em Guimarães, na tarde desta quarta-feira. Aquele mesmo homem já tinha sido vítima de outro ataque, com paus e à martelada, no passado dia 13 de setembro, no mesmo bairro.

A vítima é um indivíduo conhecido popularmente como "Nivinho". Segundo relatos de testemunhas oculares, o homem levou facadas em várias zonas do corpo. As testemunhas que gritaram por socorro provocaram a fuga dos atacantes numa carrinha.

PUB

Os Bombeiros Voluntários foram acionados para o socorro às 16.23 horas e deslocaram para o local uma ambulância e dois elementos, a que se juntou a Viatura de Emergência Médica do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães (HSOG). A vítima foi considerada ferido grave e, depois de ser assistida no local, foi transportada para o HSOG. As testemunhas relatam uma "perda de sangue enorme".

No passado 13 de setembro, o mesmo homem já tinha sido agredido por um grupo, que utilizou paus e um martelo, no seguimento de uma altercação, no mesmo dia, que aconteceu no quiosque da Rua Padre Abílio dos Santos Barbas, no mesmo Bairro de Nossa Senhora da Conceição.

Estes desacatos aconteceram quando a funcionária do quiosque exigiu a identificação a um indivíduo para aceitar o registo de uma aposta no Placard. Descontente com a necessidade de se identificar, o jovem foi a casa convocar familiares. E juntos procuraram forçar a entrada no estabelecimento, chegando mesmo a partir vidros. "Nivinho" interveio para tentar ajudar a funcionária e foi agredido. Este caso continua a ser investigado pela PJ.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG