Estarreja

Barricou-se em casa por desgosto amoroso

Barricou-se em casa por desgosto amoroso

Um homem, de nacionalidade francesa, barricou-se, esta sexta-feira, na casa onde estava a residir, em Salreu, Estarreja, numa situação de desespero provocada pelo fim de um relacionamento amoroso.

O homem ameaçava atentar contra a própria vida e chegou mesmo a cortar-se com uma faca que tinha em casa. Não estava mais ninguém no interior da habitação.

O alerta foi dado cerca das 15.30 horas. Para o local foram deslocados meios do INEM, dos bombeiros e da GNR, que mobilizou patrulhas de Estarreja, destacamento de intervenção e negociadores para tentar convencer o homem a entregar-me. Pelas 18.30 horas, a GNR acabou por forçar a entrada na habitação, mas "o homem não ofereceu resistência", disse fonte da guarda.

O homem foi assistido no local e transportado ao hospital de Aveiro. "Apresentava alguma descompensação a nível psicológico e emocional" e "ameaçava pôr termo à vida", mas "não estava armado", tendo autoinfligido os ferimentos com "utensílios que encontrou em casa", sublinhou o tenente Gonçalo Ribeiro, da GNR.

No local juntaram-se muitos populares, impressionados pelo forte aparato policial.