Venda ilegal

Comércio ilegal de aves exóticas pela net a partir de Águeda

Comércio ilegal de aves exóticas pela net a partir de Águeda

A GNR identificou um homem de 27 anos, residente em Valongo do Vouga, Águeda, por venda ilegal de espécies autóctones e exóticas num site de compra e venda de artigos.

Segundo um comunicado da GNR, a investigação surgiu através de uma denúncia da Linha SOS Ambiente e Território.

Durante uma fiscalização à residência do suspeito, na passada quinta-feira, os militares detetaram oito aves, sem possuírem os certificados no âmbito da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES).

O indivíduo detinha ainda cinco cães, sem registo e sem as condições mínimas de habitabilidade e bem-estar, tendo sido levantados os respetivos autos de contraordenação.

Os animais foram apreendidos e o indivíduo foi nomeado fiel depositário dos mesmos até lhes ser dado destino ou até serem legalizados.

ver mais vídeos