Agressões

Imagens falsas: sindicato da PSP usa idosos agredidos no estrangeiro

Imagens falsas: sindicato da PSP usa idosos agredidos no estrangeiro

A resposta do Sindicato Vertical de Carreiras da Polícia às declarações do ministro da Administração Interna acerca da publicação das fotos dos suspeitos de agressões a idosos, recapturados um dia depois de fugirem de um tribunal no Porto, assenta numa imagem manipulada.

As imagens de quatro idosos espancados têm sido partilhadas nas redes sociais, juntamente com as fotografias de Manuel Santos, Fernando Santos e "Shevchenko", cuja divulgação foi fortemente criticada, entre outros, pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e pela Amnistia Internacional. A publicação das fotografias das alegadas vítimas dos assaltantes serve para desculpabilizar a difusão das fotos dos suspeitos, no momento em que foram capturados, num parque de campismo de Gondomar, na sexta-feira.

No sábado, um dos sindicatos da PSP, o Sindicato Vertical de Carreiras da Polícia, utilizou as imagens dos mesmos idosos para atacar as declarações de Cabrita, que tinha considerado "absolutamente inaceitável" a publicação das fotografias dos detidos.

"Por favor, Sr. Ministro do MAI, Srs. da Amnistia Internacional, Sr.ª Câncio e todos os demais... indignem-se", escreveu o Sindicato, numa publicação de Facebook, acompanhando uma montagem de fotografias das alegadas vítimas dos indivíduos recapturados.

Acontece que, apesar de, efetivamente, os idosos retratados terem sido vítimas de agressões, todos os casos aconteceram noutros países, não havendo nenhuma relação entre os agredidos e o trio foragido do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, na quinta-feira.

Catherine Smith, 82 anos, Inglaterra
Foi violentamente agredida com uma trela de cão, em julho de 2017, no sul de Londres, Inglaterra. O caso foi noticiado a 31 do mesmo mês pela imprensa britânica, nomeadamente pela BBC.

John Charles Junyent, 78 anos, Brasil
Foi espancado com brutalidade em novembro de 2015, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, Brasil. Chefe de cozinha e dono de um restaurante naquela zona, foi atacado por um antigo funcionário. O caso foi noticiado pelo site Extra, da rede Globo.

Dovaldi Almeida, 74 anos, Brasil

Foi agredido em Tremedal, na Bahia, Brasil, em julho de 2013, na fazenda onde vivia. Foi atacado por um assaltante que se fez passar por seu neto, para que o homem lhe abrisse a porta. O indivíduo e os cúmplices procuravam dinheiro, uma vez que teria tido conhecimento de que o idoso acabara de vender um carro. O caso foi noticiado pelo G1, da rede Globo.

Barbara Bransfield, 63 anos, Inglaterra
Foi atacada por dois homens em casa, na zona de Manchester, Inglaterra, numa madrugada de julho de 2016. O caso foi retratado pelo jornal Metro, em dezembro desse ano, quando os assaltantes foram formalmente acusados pelo assalto.

ver mais vídeos