Crime

Matou prostituta que contratou por anúncio de jornal em Santarém

Matou prostituta que contratou por anúncio de jornal em Santarém

Um informático de 26 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ), em Santarém. É o principal suspeito de ter assassinado Lúcia Oliveira, uma brasileira de 48 anos que foi espancada e degolada na noite de 27 de janeiro.

Residente há pouco tempo na cidade, o informático consultou, nesse dia, um anúncio de prostituição e marcou encontro com Lúcia. Depois, atravessou a cidade até chegar ao apartamento arrendado pela mulher para receber clientes. Lúcia Oliveira abriu-lhe a porta, à espera de concretizar mais uma relação sexual, mas tudo terminou de forma violenta. Por motivos que a PJ ainda não descobriu, nem o informático revelou quando foi detido anteontem, a vítima foi agredida e esfaqueada. Também foi degolada, sendo encontrada já morta no interior do apartamento.

O homicídio teve lugar a poucos metros do filho da vítima. O jovem, de 20 anos e portador de trissomia 21 esperava, dentro do carro estacionado na rua, o regresso da mãe e não se terá apercebido do sucedido. O seu paradeiro só foi descoberto quando as autoridades já o procuravam há várias horas, tendo sido, posteriormente, entregue a familiares.

Imobusiness