Porto

Motorista é agredido por passageiro e perde controlo de autocarro

Motorista é agredido por passageiro e perde controlo de autocarro

Uma agressão a um motorista de autocarro provocou, na manhã deste domingo, um despiste seguido de uma colisão. O caso aconteceu no centro da cidade do Porto e não causou feridos, em grande parte porque a viatura circulava somente com três passageiros.

A PSP esteve no local, mas apenas para registar os contornos do embate rodoviário. Isto porque o motorista optou por não apresentar queixa às autoridades.

Segundo o JN apurou, o autocarro circulava, pelas 11.30 horas, na rua Duque de Saldanha, em pleno centro da cidade portuense, quando a agressão teve lugar. A essa hora, um dos três passageiros que seguia na viatura pretendia sair num local onde o autocarro não parou. Irritado com o facto, dirigiu-se de imediato ao motorista e agrediu-o quando a viatura estava em andamento.

Perante o ataque que sofreu, o condutor entrou em pânico e perdeu o controlo do autocarro que, metros depois, saiu da faixa de rodagem e abalroou um carro que estava estacionado. Do acidente não resultou qualquer ferimento para os passageiros.

Já com o pesado parado, o passageiro agressor abandonou tranquilamente o autocarro e desapareceu do local através de uma das ruas daquela zona da cidade. O motorista foi, em seguida, socorrido por alguns transeuntes e recusou deslocar-se ao hospital. Também recusou apresentar queixa por ofensas à integridade física à patrulha da PSP que se deslocou ao local, podendo, porém, fazê-lo mais tarde. Os polícias registaram apenas a colisão entre o autocarro e o automóvel estacionado.