Tutti Frutti

PJ investiga esquema no PSD para favorecer Santana

PJ investiga esquema no PSD para favorecer Santana

Vários elementos do grupo do PSD que é alvo da Operação Tutti Frutti são suspeitos de envolvimento num esquema de falsificação de fichas de inscrição de militantes, que era suposto ajudar Pedro Santana Lopes a conquistar a liderança do partido, nas eleições internas de 13 de janeiro último.

O objetivo não seria alcançado, pois foi Rui Rio quem obteve mais votos, mesmo que tenha justificado também pagamentos massivos de quotas a militantes, como suspeitam a Polícia Judiciária e o Ministério Púbico (MP), que estão na posse de indícios que apontam ainda para maroscas nas últimas eleições autárquicas e nas da Distrital do PSD/Lisboa.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

ver mais vídeos