Violência doméstica

Polícia Judiciária prende neto suspeito de matar avó em Seia

Polícia Judiciária prende neto suspeito de matar avó em Seia

O neto de uma mulher, de 78 anos, encontrada morta em casa, em São Martinho, Seia, foi detido esta quinta-feira pela Polícia Judiciária por suspeitas de homicídio perpetrado em contexto de violência doméstica.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, Assunção Jesus Correia foi encontrada, na manhã de quarta-feira, inanimada no chão da cozinha da sua residência pelos bombeiros de Seia. Tudo apontava para uma queda acidental.

"Fomos alertados através do 112 para uma queda e quando chegamos ao local, deparámo-nos com a vítima caída no chão. Estava em paragem cardiorrespiratória e havia sangue que seria proveniente de ferimentos na cabeça. Achámos estranho e contactámos logo as autoridades", disse ao JN Nuno Marques, Adjunto do Comando dos bombeiros de Seia.

A mulher foi transportada, com a ajuda da Viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV), para o Hospital de Seia.

"Efetuamos as manobras de reanimação e durante o transporte ainda detetamos sinais de vida. Mas a vítima acabou por falecer no hospital", adiantou ainda o adjunto.

Perante o quadro em que fora encontrada a vítima, as autoridades começaram a suspeitar da existência de crime e a Polícia Judiciária foi chamada a investigar. Esta quinta-feira, os inspetores voltaram ao local, situado na Avenida 1º de Maio, para recolher vestígios e ouvir testemunhas, como os bombeiros que assistiram a vítima, mas também vizinhos. As diligências permitiram recolher fortes indícios de que o neto, de 31 anos, tinha assassinado a avó, num contexto de violência doméstica.

O indivíduo foi conduzido para as instalações da PJ da Guarda e será esta sexta-feira levado ao Tribunal de Seia para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG