O Jogo ao Vivo

Cartão Vermelho

Juiz não aceita caução apresentada por Luís Filipe Vieira

Juiz não aceita caução apresentada por Luís Filipe Vieira

O juiz Carlos Alexandre recusou a proposta de caução apresentada na semana passada por Luís Filipe Vieira. O magistrado entende que as ações do Benfica e mais de 400 mil euros, correspondente a parte de um imóvel avaliado em 1,2 milhões de euros, não apresentam garantias suficientes para cobrir os 3 milhões de euros exigidos.

Foi ontem, terça-feira, que, segundo o "Público", Carlos Alexandre recusou a proposta apresentada pela defesa de Vieira. Mas o advogado do ex-presidente encarnado ainda não foi notificado da decisão.

"Pelo menos até ao início desta tarde [quarta-feira], nada recebemos", disse ao JN Magalhães e Silva.

Pelo que foi possível apurar, na base da decisão de Carlos Alexandre está a volatilidade do valor das ações, que nesta altura estarão em alta devido ao interesse do norte-americano John Textor em comprar cerca de 25% da SAD benfiquista.

A proposta engloba as 753 mil ações da Benfica SAD, que esta quarta-feira estavam cotadas em 4,37 euros cada. Ou seja, só o penhor dos títulos vale hoje perto de 3,3 milhões de euros, ultrapassando os 3 milhões exigidos por Carlos Alexandre para libertar Vieira da prisão domiciliária. O Ministério Público considerou que as ações poderiam estar "inflacionadas" devido ao atual interesse do norte-americano e que o valor real é, assim, bem mais baixo.

O ex-presidente do Benfica quis "assegurar" a aceitação do juiz e juntou às ações um imóvel, avaliado em mais de um milhão de euros. De acordo com fonte judicial, este prédio está situado em Sesimbra e pertence à filha do ex-líder das águias, Sara. Mas o valor do imóvel foi dividido. Vieira quer que o juiz considere para a sua caução apenas 400 mil euros.

PUB

Os restantes 600 mil serão destinados a assegurar a do filho, Tiago Vieira, também detido na Operação Cartão Vermelho. O juiz ainda não se pronunciou, mas é espectável que esta semana se fique a saber se aceitou a proposta de caução tanto de Vieira como do filho Tiago.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG