Faro

Lancha à deriva apreendida na ilha da Culatra

Lancha à deriva apreendida na ilha da Culatra

Uma lancha rápida, semelhante às utilizadas no tráfico de haxixe, foi encontrada, este domingo, na ilha da Culatra, em Faro. A embarcação, sem tripulantes, estava à deriva e tinha vários bidões de combustível a bordo.

O alerta para a Polícia Marítima (PM) foi dado por volta das 6.30 da manhã. A embarcação estava na zona de rebentação do lado costeiro da ilha. A prioridade dos agentes foi colocá-la numa área mais segura para que não representasse perigo.

A lancha rápida, de cor preta e com três motores de 300 cavalos cada, tem as mesmas características que as utilizadas pelas redes de tráfico internacional de haxixe entre Marrocos e Portugal. Devido ao mau tempo e à forte agitação marítima, terá sido arrastada para aquele local. Nas imediações, não foi encontrada droga, nem suspeitos.

PUB

A Polícia Judiciária do Sul irá investigar as circunstâncias em que chegou à costa algarvia.

Nos últimos meses, várias ​​​​​​​lanchas rápidas, com as mesmas características, têm sido apreendidas em diversas zonas do país, sobretudo no Algarve, a região mais procurada pelas redes para a introdução do haxixe na Europa, devido à proximidade geográfica com o Norte de África.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG