Crime

Mulher morre agredida por um familiar na Madeira

Mulher morre agredida por um familiar na Madeira

Uma mulher com cerca de 40 anos morreu na sequência de uma agressão em contexto de violência doméstica, supostamente por um familiar, este domingo, na freguesia do Arco da Calheta, na Madeira.

"A vítima era residente naquela freguesia e as suspeitas são de que foi agredida por um familiar", disse fonte dos bombeiros locais à agência Lusa.

O alerta para esta ocorrência "foi dado a meio da tarde" deste domingo. A mulher "foi assistida pelos bombeiros porque estava em paragem cardiorrespiratória" e "foram feitas as manobras de reanimação", sem resultado.

Também esteve no local uma Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR), mas a vítima "acabou por falecer", adiantou, mencionando que "a PSP tomou conta da ocorrência".

Fonte da Polícia Judiciária (PJ) confirmou à Lusa que "foi chamada" e que os agentes estão a examinar o local e a averiguar a situação, escusando-se a revelar mais pormenores de momento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG