Santa Maria da Feira

Multa de 48 mil euros por venderem ratoeiras e gaiolas 

Multa de 48 mil euros por venderem ratoeiras e gaiolas 

O Núcleo de Proteção Ambiental de Santa Maria da Feira (NPA), da GNR, apreendeu meios de captura proibidos que resultaram na elaboração dois autos de contraordenação no valor de 48 mil euros.

Esta ação decorreu na localidade de Vale, concelho de Santa Maria da Feira, em dois estabelecimentos de venda.

Os militares do NPA verificaram a existência da comercialização de diversas armadilhas (armadilhas de pressão com mola e gaiolas com alçapão), material cuja venda é expressamente proibida por lei.

A operação culminou na identificação dos responsáveis pelos dois estabelecimentos, e na apreensão de 15 ratoeiras simples; quatro ratoeiras de dois furos; seis ratoeiras de três furos; nove ratoeiras de metal; três gaiolas com alçapão para captura de aves.

Foram elaborados dois autos de notícia por contraordenação, no valor total de 48 mil euros, os quais irão ser remetidos ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, ICNF.

"De realçar que são proibidos todos os meios não seletivos e as instalações ou métodos de captura ou de abate, suscetíveis de provocar localmente a extinção ou de perturbar gravemente a tranquilidade das populações das referidas espécies", lembra a GNR.

A Guarda Nacional Republicana "tem como preocupação diária a proteção dos animais, apelando à denúncia de situações de âmbito ambiental", lembra, em comunicado, o comando de Aveiro.

PUB

Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG