O Jogo ao Vivo

Tougues

Novo método para roubar Multibanco já foi usado em Vila do Conde

Novo método para roubar Multibanco já foi usado em Vila do Conde

Um Multibanco instalado na freguesia de Tougues, em Vila do Conde, foi assaltado, na madrugada de quinta-feira, 17 de novembro, com recurso a um novo método, em que os ladrões fazem um buraco na caixa, ligam um dispositivo eletrónico ao seu interior e fazem sair o dinheiro. O mesmo método veio a ser usado, quatro dias depois, em Sepins, Cantanhede.

"Ninguém se apercebeu de nada. Ligaram-me pelas 7 horas da manhã, a dar conta da situação. Verifiquei que era, de facto, uma situação muito estranha, porque não é normal esse tipo de assalto e agora percebi que já foi usado noutros locais", explicou ao JN o presidente da União de Freguesias de Retorta e Tougues, Carlos Bento, referindo-se ao assalto, decorrido na madrugada de segunda-feira, no concelho de Cantanhede, com o mesmo "modus operandi".

O alarme não disparou e a zona envolvente pouco movimentada fez com que o assalto só fosse conhecido de manhã. "Nós temos um poste de iluminação mesmo junto ao Multibanco. Eles tiraram a tampa e serviram-se da eletricidade para fazer aquele corte [na máquina, por cima do ecrã]. Mas eles daqui não levaram nada, pelo menos que eu tenha conhecimento", acrescentou o autarca.

PUB

O caso foi comunicado à GNR e passou para a alçada da PJ, que está a investigar, bem como à SIBS, que opera a rede Multibanco, e à Caixa Crédito Agrícola, que irá proceder à respetiva reparação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG