Exclusivo

Padre suspeito de assédio levou mil euros da paróquia após ser suspenso

Padre suspeito de assédio levou mil euros da paróquia após ser suspenso

Comissão Fabriqueira de São João de Lourosa, Viseu, foi surpreendida, quer dinheiro de volta e já informou o bispo.

O padre da diocese de Viseu que é suspeito de ter assediado sexualmente um jovem de 14 anos levantou mais de mil euros da conta da paróquia de São João de Lourosa, onde servia, depois de ter sido afastado pelo bispo de Viseu, D. António Luciano, devido ao caso. A Comissão Fabriqueira já comunicou a situação à diocese e quer o dinheiro de volta.

Ao que o JN apurou, o sacerdote Luís Miguel fez o movimento bancário pouco tempo depois de ter sido destituído de funções. "Foi um bocadinho em cima da data em que saiu. Ele levantou mais de mil euros e nunca os devolveu", adiantou fonte da Comissão Fabriqueira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG