Premium

Paulada de grupo agressor foi fatal para Giovani

Paulada de grupo agressor foi fatal para Giovani

Giovani Rodrigues, cabo-verdiano de 21 anos estudante em Bragança, faleceu a 31 de dezembro, na sequência de uma violenta paulada na cabeça. Cinco dos intervenientes numa rixa que resultou em grave lesão cerebral foram detidos pela PJ de Vila Real, que apurou ter sido aquele golpe determinante para a não sobrevivência do jovem, após 10 dias de internamento hospitalar.

Os cinco indivíduos, com idades entre 22 e 35 anos, também foram indiciados por três tentativas de homicídios contra os amigos da vítima mortal. Foram ontem levados para interrogatório no Tribunal de Bragança e permanecem em prisão preventiva.

A PJ ainda aguarda os resultados dos exames toxicológicos ao cadáver. Mas as conclusões intercalares da autópsia apontam para a ocorrência de uma lesão cerebral, causada por um objeto contundente - provavelmente, uma moca - decisiva para o desfecho fatal .

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG