Exclusivo

Pedófilos entram nos jogos online para atacar crianças

Pedófilos entram nos jogos online para atacar crianças

Há pedófilos a intrometer-se em jogos online para cativar as futuras vítimas, aliciando-as a manter depois o contacto noutras plataformas.

A garantia é da Polícia Judiciária (PJ), que, na quinta-feira, deteve, em todo o país, 15 homens durante uma megaoperação de combate à pornografia infantil. Há indícios de que alguns dos suspeitos possam ser os autores dos conteúdos que partilharam.

De acordo com o diretor da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T) da PJ, Carlos Cabreiro, foram descobertos milhares de ficheiros que os suspeitos terão distribuído entre si, usando, sobretudo, o sistema "peer-to-peer": uma rede de computadores interligados, sem intermediário, que podem receber e remeter fotografias ou filmes. Os suspeitos terão ainda partilhado as imagens na darknet, em plataformas de jogos online e em plataformas encriptadas utilizadas por pedófilos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG