PJ

Piratas informáticos paralisam Câmara de Vila Verde

Piratas informáticos paralisam Câmara de Vila Verde

A Câmara Municipal de Vila Verde está a ser alvo de tentativas de intrusão informática, com entradas nos e-mails de vereadores e adjuntos ou assessores, tendo já participado o caso à Polícia Judiciária.

Fonte camarária disse ao JN que as tentativas piratas de entrada têm como efeito imediato o de impedir os visados de trabalhar: "há uma intrusão nos e-mails, o sistema desliga-se e quando é religado volta a suceder o mesmo, a tentativa de entrada repete-se, deitando abaixo os equipamentos", explicou a mesma fonte, frisando que, deste modo, não se pode aceder a mails nem mesmo operar com os computadores.

A mesma fonte salientou que a empresa que gere a informática do Município detetou os IP's (endereços eletrónicos dos computadores de onde parte o ataque), já comunicados à Polícia.

Ao que o JN sabe, a PJ investiga também uma outra manobra de pirataria informática que visou, há cerca de um mês, várias outras autarquias nortenhas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG