Tráfico

PJ ajudou a deter 20 narcotraficantes venezuelanos

PJ ajudou a deter 20 narcotraficantes venezuelanos

Operação permitiu apreender mais de quatro toneladas de cocaína. Cartel usava lanchas rápidas para levar droga ao meio do oceano Atlântico.

A Polícia Judiciária participou numa operação liderada pela Polícia Nacional espanhola, que permitiu deter 20 narcotraficantes e apreender mais de quatro toneladas de cocaína. A droga estava a ser transportada num pesqueiro venezuelano e tinha como destino a Galiza.

A operação agora realizada concluiu uma investigação com mais de um ano e que visou um cartel liderado por um traficante hispano-marroquino. Esta organização criminosa dedicava-se a introduzir cocaína na Europa, através de um esquema que envolvia o recurso a lanchas rápidas. Ou seja, estas embarcações - que não são detetadas pelos radares - transportavam os fardos de cocaína até meio do oceano Atlântico, onde a droga era transferida para o pesqueiro. Era este barco que, em seguida, levava o produto estupefaciente até à costa da Galiza.

A operação que, além da Polícia Judiciária e da Polícia Nacional espanhola, contou com a participação das autoridades judiciais da Colômbia, dos Estados Unidos da América, da França e Venezuela, terminou com a detenção de oito pessoas, de nacionalidade venezuelana, que seguiam a bordo do pesqueiro. Também foram detidas outras 12 pessoas na Venezuela.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG