Investigação

Desmantelada fábrica de lanchas rápidas usadas no tráfico de droga

Desmantelada fábrica de lanchas rápidas usadas no tráfico de droga

A Policia Judiciária anunciou, esta sexta-feira, ter desmantelado em Faro, uma fábrica clandestina de lanchas rápidas, que seriam usadas no tráfico de droga. Foram identificados quatro cidadãos espanhóis.

A operação surge no contexto de uma investigação por tráfico de estupefaciente, fraude fiscal e branqueamento de capitais, em cooperação com a Polícia Marítima do Comando de Faro e a Unidade de Controlo Costeiro da GNR de Olhão.

A atividade, de acordo com a PJ, "desenvolvia-se em instalações industriais desativadas, localizadas num polígono industrial da cidade de Faro", tendo sido identificados quatro homens de nacionalidade espanhola, ligados ao fabrico e transporte das embarcações.

Foram apreendidas três embarcações semirrígidas com aproximadamente 12 metros de comprimento, de cor preta, duas delas em processo final de construção, uma em formato modular, diversa matéria-prima e ferramentas adequadas ao seu fabrico. A produção "desenvolvia-se em total clandestinidade, sem qualquer registo, alvará ou autorização e constitui facto inédito na região".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG